Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Filhote de cardeal-amarelo, ave ameaçada de extinção, nasce em Foz do Iguaçu

O cardeal-amarelo é um um dos pássaros mais ameaçados de extinção do Brasil. Marcio Repenning/Divulgação ICMBio

O Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, tem bons motivos para comemorar: nasceu o primeiro filhote de cardeal-amarelo no local. O acontecimento traz esperança para a espécie, que conta com cerca de 100 indivíduos restantes na natureza e está criticamente ameaçada de extinção, principalmente pela captura ilegal e depredação de seu habitat.

O filhote veio ao mundo três meses após a transferência dos seus pais, Tato e Tatá, para os viveiros de reprodução. Uma equipe realiza o monitoramento de suas condições constantemente. Uma das ações é suplementar a dieta dos cardeais, para que o filhote tenha todas as necessidades nutricionais atendidas.


A bióloga e diretora técnica do Parque, Yara Barros, explica o processo de preparação  para reprodução dos pássaros em cativeiro:

“A gente recebeu as aves que vieram do Zoológico de Gramado e outro criadouro. Passaram por um período de quarentena; montamos os casais; fornecemos várias opções de ninhos que foram construídos isolados uns dos outros na mata, é uma espécie agressiva, são aves territoriais, se eles verem ou ouvirem outro macho eles brigam com as fêmeas. Nós recebemos quatro casais, então são quatro viveiros isolados na mata, com bastante privacidade para os bichos, alimentação super adequada, bastante tipos de ninhos; e as aves começaram com comportamento reprodutivo. Dois casais já botaram ovos, um deles é o Romeu e a Julieta, e o outro casal, Tato e Tatá, que já nasceu um filhotinho – os outros dois ovos não estavam fecundados – e esperamos que a qualquer momento que nasçam os filhotes do Romeu e Julieta que estão com dois ovos também.”



 Uma equipe realiza o monitoramento do filhote constantemente. Foto: divulgação/Assessoria


Em 2011, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) elaborou o Plano de Ação Nacional (PAN) para a Conservação dos Passeriformes Ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho e identificou a necessidade imediata de criação de um programa de cativeiro para os cardeais-amarelos, visando produzir uma quantidade de indivíduos que possam ser utilizados em futuros projetos de reintrodução. O Parque das Aves foi convidado a integrar o programa.
“A nossa missão é conservar espécies. Não é só trabalhar aqui dentro, mas também salvar espécies fora dos nossos muros. Então, poder ajudar no programa de uma espécie que está criticamente ameaçada na natureza pra gente é maravilhoso, é pra isso que a gente trabalha. Todo trabalho que fazemos para conscientizar pessoas para mudar suas atitudes em relação ao meio ambiente ou reproduzir aves ameaçadas que estejam à disposição de programas oficiais de conservação pra nós é maravilhoso, é uma sensação de missão cumprida.”


 
A diretora técnica do Parque das Aves, Yara Barros, e o tratador, Sr. Francisco, realizam o anilhamento do filhote de cardeal-amarelo. Foto: Divulgação/Assessoria
 

O Parque das Aves ficará aguardando as recomendações do ICMBio para o próximo passo em relação aos cardeais-amarelos.


Última modificação em Quarta, 30 Novembro 2016 12:37
Avalie este item
(1 Voto)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados