Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Engenheira dá dicas de segurança para a iluminação de Natal

Foto: Kiko Sierich
Pouca gente imagina, mas por trás da iluminação das belas decorações natalinas pode estar escondido um grande perigo. Isso porque instalações mal feitas, sem os devidos cuidados técnicos, estão suscetíveis à ocorrência de curtos-circuitos e até mesmo incêndios de grandes proporções.

Por isso é importante redobrar a atenção. Na hora de comprar o pisca-pisca, por exemplo, a primeira orientação é optar por produtos certificados pelo INMETRO. Nestas embalagens, devem estar informações relacionadas à características como tensão, potência e o nome do fabricante ou importador.

Outra dica importante é realizar esse tipo de instalação com o auxílio de um profissional capacitado. Mas se isso não for viável, é fundamental nunca deixar fios desencapados, lâmpadas queimadas com os filamentos soltos, ou conectar vários equipamentos numa mesma tomada, conforme comenta a engenheira eletricista da Fundação Parque Tecnológico Itaipu, Claudia Deslandes:

“(É importante sempre) colocar a árvore de natal com pisca-pisca longe de materiais combustíveis como sofá, almofada, madeira, isopor, enfeites de papel, porque qualquer coisa que acontecer de aquecimento eles vão pegar fogo também. Na hora de usar o pisca-pisca é interessante você estar presente, e quando não estiver em casa, desligá-lo. Quando for dormir, também. Porque pode acontecer alguma coisa e você não ver. Outra coisa que o pessoal gosta muito é de emendar vários pisca-pisca com durex e esparadrapo. Esses materiais que não são feitos para a instalação elétrica. Devem ser utilizadas as fitas isolantes. Não deixar o pisca-pisca ou então a mangueira com nó. Tem muita gente que vê difícil tirar o nó e deixa ele embaixo da árvore de natal. Mas o nó, qualquer pontinha que você faz mais força na elétrica, é um ponto de aquecimento, um ponto de curto e um ponto de incêndio. Até isso é uma recomendação do INMETRO. Outra coisa: afastar ao máximo das crianças. Esconder as tomadas, os pontos de elétrica e os fios, de um jeito que a criança não coloque a mão. Ela desconhece o perigo”.


Claudia Deslandes, engenheira eletricista da Fundação PTI. Foto: Kiko Sierich.

A engenheira também lembrou de sempre se certificar se o pisca-pisca é de uso interno ou externo. A informação está presente na embalagem do produto.
Última modificação em Terça, 13 Dezembro 2016 11:15
Avalie este item
(0 votos)
Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
Termos de Compromisso  |  Política Privacidade  |  Creative Commons 2014 • Todos os Direitos Reservados