Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Região Sul terá rede de energias renováveis

Mais de cem pessoas participaram do Seminário sobre Energias Renováveis no Rural/Sul, realizado em Curitiba (PR).
Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul se juntaram para criar uma importante rede de energias renováveis com foco no fortalecimento, troca de informações e expansão do setor. O anúncio foi feito durante o Seminário sobre Energias Renováveis no Rural/Sul, promovido em Curitiba (PR) com a participação de mais de cem pessoas.

A parceria vai contar com a participação de integrantes estratégicos do segmento, como cooperativas, agricultores, federações de agricultores, universidades, institutos de pesquisa, além de outras instituições públicas e privadas. Os trabalhos da nova rede serão liderados pela Itaipu Binacional, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e secretarias estaduais relacionadas ao tema.

De acordo com Herlon Goelzer de Almeida, superintendente de Energias Renováveis da Itaipu, o intercâmbio de conhecimentos e práticas relacionadas ao biogás e ao biometano deve ser um dos principais enfoques da iniciativa. A ideia é que o modelo possa ser ampliado futuramente.

“Essa rede vai poder levar para diferentes atores do meio rural do Sul do Brasil os conhecimentos e as informações, que Itaipu, CIH (Centro Internacional de Hidroinformática), Cibiogás (Centro Internacional de Energias Renováveis) e outras instituições, tem acumuladas e que fazem com que essas cadeias de produção animal se organizem e passem a aproveitar os dejetos na geração de energia. Essa energia, como todos sabem, pode ser aproveitada em substituição à lenha (como energia térmica), geração de energia elétrica (uma necessidade hoje do meio rural nos três estados do Sul), assim como na filtragem de biometano podendo ter o uso veicular.”

Trator movido a biometano foi uma das atrações do último Show Rural Coopavel: menos poluição no ar e mais economia no bolso do produtor.

O superintendente explica que a região Sul está sendo pioneira na constituição de uma rede especificamente relacionada às energias renováveis. Ele também comenta sobre os próximas encaminhamentos da rede:

“O Brasil já tem, em diversas regiões, a tradição de constituir redes de conhecimentos específicos de uma série de atividades, mas em energias renováveis não me consta que haja alguma rede operando. Então, o acúmulo que se tem de conhecimento nos três estados do Sul sobre biogás e biometano permitiu esse primeiro passo de se criar uma rede nesse momento dos três estados, mas tem espaço para se ampliar isso à medida que o biogás e o biometano avancem para outros territórios do país também. Tem dois caminhos bastante rápidos que devem ser operados. O primeiro é de essa rede ter uma articulação eletrônica através dos instrumentos que já temos disponibilizados (seja através da Plataforma de Boas Práticas da FAO, assim como do CIH e do Cibiogás, que tem através das mídias sociais e dos meios eletrônicos facilidade de agregar informação, disponibilizar informação e aproximar pessoas). O segundo momento será a realização de seminários estaduais e regionais para podermos mostrar às diferentes regiões do Sul do Brasil os potenciais de cada território em termos de aproveitamento de dejetos, geração de energia limpa e renovável, e ampliação de renda aos produtores.”

Além de biogás e biometano, outra alternativa para o setor rural são os projetos em energia fotovoltaica, que poderão auxiliar os produtores especialmente no crescimento das cadeias de proteína animal. Itaipu participa de iniciativas nesse segmento, em parceria com cooperativas do sistema Ocepar.

Última modificação em Segunda, 20 Março 2017 16:32
Avalie este item
(0 votos)
Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
Termos de Compromisso  |  Política Privacidade  |  Creative Commons 2014 • Todos os Direitos Reservados