Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

“Qualidade da água consumida no Brasil tem melhorado nos últimos anos”, aponta presidente da Funasa

O presidente da Funasa, Rodrigo Dias, destacou que a qualidade da água consumida pelo brasileiro vem melhorando nos últimos anos. Imagem: Welyton Manoel
Durante a abertura do 3º Seminário de Qualidade da Água, nesta terça-feira (15), no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), o presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Rodrigo Sérgio Dias, destacou que a qualidade da água consumida pelo brasileiro vem melhorando nos últimos anos com o desenvolvimento de novos sistemas de tratamento da água.

O evento, que é apoiado pela Itaipu e pelo PTI, reúne técnicos, professores e estudantes de todo o Brasil. Ao falar dessa melhoria, ele citou o Salta-Z, um sistema simplificado de tratamento de água para comunidades extremas desenvolvido pela Fundação:

“Este é um evento de suma importância para a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que há muito tempo tem ajudado todos os sistemas autônomos de tratamento de água. Então nós atuamos como suporte para estes sistemas de forma que eles possam ter conosco uma ajuda técnica e científica para poder desenvolver de forma qualitativa, com eficiência e eficácia as melhores formas de fazer o tratamento e o controle de qualidade da água estabelecendo os padrões mínimos para o consumo humano seguro. A qualidade da água consumida pelo brasileiro tem melhorado muito e nós temos prezado por esta melhora dia a dia. Nós temos desenvolvido sistemas novos de tratamento da água, inclusive um deles irei falar no evento, que é um sistema simplificado de tratamento de água para que levemos essa melhoria de qualidade de água para as comunidades extremas, como as comunidades ribeirinhas, quilombolas e de difícil acesso, cujo investimento fica muito caro para sistemas grandes de tratamento de água”.

Outras autoridades também discursaram na solenidade do evento. A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, destacou o trabalho desenvolvido pelo Estado no setor:

“O governo do estado que detém uma das mais qualificadas companhias de água do Brasil, premiadíssima inclusive no exterior – a Sanepar. Vem contribuindo para o tratamento de esgoto, enfim, várias áreas que ajudam na qualidade de vida das pessoas e na qualidade da água. Água é vida!”


Foto: Welyton Manoel

Cida Borghetti também lembrou da parceria do governo estadual com Itaipu na revitalização do Rio Iguaçu.

“Também gostaria também de falar do nosso programa do Governo do Estado em parceria com a Itaipu, que é a revitalização do Rio Iguaçu, que nasce em Curitiba e chega até aqui nas nossas Cataratas do Iguaçu, essa maravilha da natureza. E nós já estamos há dois anos nesse programa de revitalização e limpeza do Rio Iguaçu, adotando também essa boa prática da Itaipu, que é o Cultivando Água Boa, e eu acho que é de grande valia para a qualidade do projeto e devolver a população do Paraná, o nosso rio mais importante, limpo. Trazendo assim uma qualidade muito melhor à toda população.”

O diretor de Coordenação da Itaipu Binacional, Hélio Gilberto Amaral, falou sobre a continuidade dos trabalhos desenvolvidos pela hidrelétrica na área de segurança hídrica e desenvolvimento regional sustentável.

“A Itaipu se preocupa cada vez mais com o conceito novo de segurança hídrica. Nós podemos observar no mundo todo e, agora no Brasil em alguns momentos, que alguns rios começam a não ter quantidade de água suficiente para cumprir todo o papel que água tem na vida no cidadão. O (Programa) Cultivando Água Boa é muito bem sucedido, premiado pelas Nações Unidas. Nós iremos tentar disseminar essa cultura e o próprio programa em si em outros países e estados do Brasil, como por exemplo na Bacia do Iguaçu, mas também estamos dando um passo além que é a expansão do CAB nesse conceito maior de segurança hídrica e desenvolvimento regional sustentável. Coisas excepcionais foram feitas devem ser continuadas, mas temos algumas ações, como por exemplo o mapeamento das bacias subterrâneas. Essa é a primeira vez que Itaipu está fazendo isso. E a gente vai expandir cada vez mais”.

Foto: Welyton Manoel

Claudio Osako, diretor técnico do Parque Tecnológico Itaipu, explicou que várias ações relacionadas à temática já vem sendo executadas no ambiente do Parque:

“Nós já sediamos esse evento com a Funasa há alguns anos atrás, e para nós é uma oportunidade de colocar no Parque Tecnológico para os atores que atuam no parque a possibilidade de participação em eventos e a temática água já vem sendo tratada no âmbito da Itaipu e da Fundação também há muitos anos, como por exemplo a relação com a Agência Nacional de Águas (ANA) que nós tivemos, e também na relação BNDES-Itaipu na questão do saneamento ambiental.”

Programação

Newton Luiz Kaminski, superintendente de Obras e Desenvolvimento da Diretoria de Coordenação da Itaipu, foi o responsável pela palestra magna do seminário. Nela abordou os programas socioambientais desenvolvidos pela hidrelétrica. A programação prossegue até quinta-feira (17) no Auditório Cesar Lattes, localizado no Parque Tecnológico Itaipu (PTI).
Última modificação em Quinta, 17 Agosto 2017 11:12
Avalie este item
(0 votos)
Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados