Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Rodovia PR-090 ganhará acostamento feito com asfalto sustentável

Você já ouviu falar em asfalto sustentável? Parece difícil imaginar que as vias que trafegamos diariamente também podem ser transformadas para impactar menos o meio ambiente. Na Holanda, por exemplo, um projeto ecológico tem como objetivo construir a primeira estrada do mundo feita com garrafas plásticas. Porém antes, uma ciclovia vai ser construída com o material para ser testada. Se aprovada, ganhará as ruas de Roterdã. Segundos os inventores, a inovação pode suportar variações de temperaturas entre -40°C e 80°C e sobrevive até três vezes mais do que o asfalto comum.

Mas aqui no Brasil também temos bons exemplos de iniciativas de transformação. Em Londrina, a Triunfo Econorte, concessionária que administra 341 quilômetros de estradas da região Norte do Paraná, está implantando um trecho de acostamento utilizando raspas de asfalto que sobraram da restauração das rodovias.

O engenheiro Guilherme Mamprim, gerente de obras da Econorte, explica melhor sobre o trabalho.

“Nós estávamos estudando já essa possibilidade porque é um material inerte que não era reutilizado. Então nós olhamos algumas bibliografias, alguns estudos que já tinha sido realizados com a utilização desse material, e desenvolvemos o nosso estudo com a nossa particularidade, que é a utilização desse material fresado com argila. Nós tivemos a primeira ideia e depois nós buscamos um laboratório de solos, que é uma empresa terceirizada, para chegar no traço ideal da mistura. Quanto eu iria utilizar do material fresado, verificação da granometria dos fresados que nós estávamos reutilizando, para chegar a mistura ideal desse material com a argila.”

O gerente ressalta a importância dessa atitude para o meio ambiente, pois dá uma nova utilidade para todo aquele material que não tinha uma destinação correta. Além disso, a ação evita o desperdício da fabricação de um novo produto. Grande alívio para a natureza, visto que a produção de asfalto é responsável pela emissão de 1,6 milhão de toneladas de CO2 por ano no mundo. Outro aspecto importante, é a facilidade de ser replicado em outras cidades.

“Isso daí pode ser replicado em todas as rodovias. Você só tem que tirar o traço ideal da mistura. Cada local, cada pavimento vai ter uma granometria. Então você tem que achar o traço ideal para chegar na mistura ideal.”

Nesta etapa serão asfaltados inicialmente 2 quilômetros de acostamento. Depois da fase de testes, a ideia é dar continuidade ao restante do acostamento da rodovia PR-090, que liga Alvorada do Sul á capital Curitiba. Se a qualidade for aprovada, podemos ter no futuro rodovias mais sustentáveis.

*Com a supervisão do jornalista Vacy Álvaro
Última modificação em Segunda, 23 Outubro 2017 13:12
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados