Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Parque Tecnológico Itaipu oferta capacitação em Geoprocessamento

Entre os dias 23 e 25 de outubro, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) - por meio do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH) - promove mais uma etapa do Programa de Capacitação em Geoprocessamento e Geotecnologias Aplicado à Gestão Territorial. Para o terceiro curso do Programa, “Banco de Dados Geográficos com PostgreSQL + PostGIS e Servidor de Mapas Geoserver”, estão sendo ofertadas 20 vagas.

As inscrições do curso podem ser feitas pelo endereço www.thefullclass.com. O investimento é de R$ 350, mas estudantes têm desconto de 50% do valor. O público-alvo do curso é formado por usuários de geoprocessamento, administradores de banco de dados e desenvolvedores de sistemas, além de acadêmicos e técnicos nas áreas de Geociências, Ciência da Computação, Engenharias, Topografia, Bacias Hidrográficas e interessados em produzir dados geográficos para apoiar o processo de tomada de decisão.

Essas ferramentas possibilitam que os usuários tenham acesso com mais segurança a dados geográficos, o que permite um melhor gerenciamento de informações e ainda facilita a tomada de decisões por parte dos gestores, conforme explica o analista de sistemas do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), Fagner Bitencourtt:

“O objetivo do curso é permitir que as pessoas participarem tenham conhecimento de como funcionam esses dados geográficos. Esses dados têm características um pouco diferentes porque a relação entre eles é espacial. Então você consegue, por exemplo, saber qual o elemento está mais próximo de um determinado elemento. A pessoa que já tem um conhecimento sobre banco de dados, já tem esse benefício de trazer uma nova ferramenta para a sua caixa, e as pessoas de outras áreas também porque é uma área transversal. Pessoas que tem formação em geografia ou engenharia, por exemplo, podem também trazer esse conjunto de novos conhecimento para a sua 'caixa de ferramentas'. Uma parte do curso é referente a banco de dados espaciais, e a outra parte é referente à parte de publicação desses dados, para que se possa visualizar isso por meio da WEB, que é parte de GeoServer (servidor de mapas). Com essas duas ferramentas você consegue trabalhar seus dados no escritório, criar novos dados e realizar operações de cruzamento e geração de novos dados, e, com o servidor de mapas consegue colocar isso disponível para WEB, para ser utilizado por um sistema ou mesmo apenas para visualização.”



Em 2016, o CIH obteve a chancela como Centro de Categoria 2 da Rede do Programa Hidrológico Internacional da Unesco (PHI-Unesco), e passou a integrar a rede mundial de centros especializados e credenciados pela Unesco. O Programa de Capacitação é parte do compromisso do CIH com essa rede, e todos os certificados emitidos receberão o selo PHI-Unesco.

Para 2018 e 2019 estão previstos outros cursos nas temáticas de geoprocessamento e tecnologia da informação aplicados à gestão territorial. O cronograma do Centro é estabelecido com base na demanda do território.
Última modificação em Terça, 17 Outubro 2017 15:16
Avalie este item
(0 votos)
Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados