Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Sociedade precisa discutir gestão dos recursos hídricos, ressalta professor da Unesp

O Podcast Unesp em parceria com a área de Hidráulica e Irrigação do campus de Ilha Solteira da Unesp, publica semanalmente noticiários sobre a agricultura irrigada e agroclimatologia. O objetivo é orientar as formas de manejo racional da água e energia. Fernando Braz Tangerino, professor da Unesp de Ilha Solteira, ressalta a necessidade da agricultura irrigada atualmente.

“Temos verificado e comentado sobre a variabilidade da chuva no tempo, espaço e sobre os eventos extremos que se apresentam com frequências cada vez maiores, o que inclui o número de dias sem chuva, temperatura e taxas de evapotranspiração elevadas. Quando leio ou assisto algumas reportagens, parece que algumas pessoas não se deram conta da importância da produção de alimentos para a sociedade, e ouso dizer que um número pouco expressivo de pessoas, consegue visualizar a importância da agricultura irrigada não somente para a produção de alimentos, mas também para a estabilidade do preço de alimentos. Com a expansão da agricultura irrigada, a segurança hídrica por ela proporcionada, garante a produção de alimentos ao longo de todos os meses do ano. E já não temos mais as cartilhas que nos ensinavam a consumir os alimentos de época, para que pudéssemos gastar menos. Também, o preço dos alimentos impacta muito mais a população de baixa renda do que os de alta renda. Mas para ter sistemas de irrigação em andamento, é necessário água, cuja fonte pode ser um córrego, um rio, uma represa ou um poço, todos direta ou indiretamente dependem da chuva para que haja disponibilidade da água no tempo. Conservar a água na bacia hidrográfica através de diferentes técnicas é uma necessidade para todos os produtores de alimentos, irrigantes ou não. E o destino das águas para mover as atividades econômicas que garantem empregos, desenvolvimento econômico e social, como sempre lembra em suas palestras o respeitado pesquisador da Embrapa, doutor Lineu Rodrigues, deve ser devidamente discutido pela sociedade inserida em cada região. Cabe a sociedade decidir se quer usar a água para produzir alimentos, ou outro uso, sempre enfatiza Lineu. E esse uso da água é chancelado ou autorizado pelas agendas estaduais ou pela Agência Nacional de Águas, que dirá a cada usuário quanto poderá usar da água para atividades simples. Se por um lado temos uma análise que define quanto da água disponível podemos usar, cabe ao usuário de todos os seguimentos fazê-lo com sabedoria. Conhecendo técnicas e processos que minimizem o desperdício e aplicando-as, garantirá não somente qualidade para o seu negócio, mas também água para todos.
Avalie este item
(0 votos)
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados