Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Prainhas da Costa Oeste são consideradas próprias para banho

Para os moradores do Oeste do Paraná, não é preciso atravessar todo o Estado para se refrescar nos dias de calor intenso do verão. É que a região conta com praias artificiais nos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu, que inclusive apresentam águas com boas condições para banho.

Foi isso o que apontou o terceiro boletim de balneabilidade da temporada, divulgado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Todos os 16 pontos avaliados em Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre Rios do Oeste e Marechal Cândido Rondon apresentaram avaliação positiva nos três boletins divulgados até agora nesta temporada.

De acordo com Simone Benassi, da Divisão de Reservatório da Itaipu Binacional, a boa situação encontrada na Costa Oeste é reflexo das ações de saneamento básico e da conscientização da população quanto aos cuidados com a água:

“As atividades de conscientização para as pessoas não jogarem lixo (e não fazerem uma série de coisas), os tratamentos de esgotos que os municípios devem ter, e não lançarem isso no reservatório sem tratamento, por exemplo, ou se lançar não lançar próximo às praias. Enfim, uma série de conjunto de fatores que beneficiam a qualidade das prainhas”.



O monitoramento possibilita avaliação de concentração de bactérias na água, que permite a verificação de contaminação por esgoto sanitário clandestino e ainda avalia a possibilidade de uso da água para atividades de lazer de contato primário, como natação, mergulho e esqui-aquático. A diretora de Monitoramento Ambiental e Controle da Poluição do IAP, Ivonete Chaves, explica um pouco como funciona o monitoramento.

“A qualidade da água é imprópria para banho quando determinada quantidade de coliformes fecais está presente nessa água. No IAP, o parâmetro que determinamos é o Escherichia coli (E.coli), que é um coliforme fecal. O trabalho todo é feito com coletas semanais nos pontos onde será avaliada a balneabilidade. As coletas são encaminhadas ao laboratório do IAP para fazermos a realização da análise do Escherichia coli.”

Os boletins do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) são divulgados semanalmente, sempre às sextas-feiras, com dados do monitoramento dos pontos do Litoral e do Interior do Estado. Estes documentos estão disponíveis no site do IAP (www.iap.pr.gov.br) e do Verão Paraná (www.verao.pr.gov.br).

Última modificação em Segunda, 08 Janeiro 2018 15:47
Avalie este item
(0 votos)
Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Voltar ao Topo
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados