Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Onça na área: Carnívoros do Iguaçu conscientiza vizinhos do PNI sobre presença de felinos

O Projeto Carnívoros do Iguaçu se dedica ao estudo e conservação da onça-pintada na região de influência do Parque Nacional do Iguaçu. Créditos: CarnívorosdoIguaçu/FB
Um agricultor da Linha São Brás, em São Miguel do Iguaçu (PR), teve três animais do rebanho atacados por uma onça. A presença de animais selvagens em comunidades próximas ao Parque Nacional do Iguaçu não é tão rara. Por isso, entidades ligadas à preservação do meio ambiente atuam para evitar riscos e amenizar o impacto desta proximidade.

Um exemplo foi o dia de campo realizado ontem no interior do município. Representantes da Polícia Ambiental, Parque Nacional, Instituto Chico Mendes e Secretaria de Educação de São Miguel do Iguaçu apresentaram aos moradores da região beira parque algumas técnicas e orientações para evitar a presença de onças na propriedade rural. Segundo o responsável pelo Projeto Carnívoros do Iguaçu, Thiago Reginato, o trabalho foi realizado em parceria com a comunidade.

“Nós identificamos que existia um problema de falta de manejo com falta de cerca elétrica, na mata existiam vários girais e isso também propiciou a onça. Com a caça na mata, diminui o número de presas da onça-pintada e ela acaba vindo predar a propriedade. Então a gente vem trabalhando essas medidas de manejo”

Gabriela, aluna da Escola Arthur Cardoso, participou do dia de campo. Ela conheceu de perto como é viver tão perto da floresta.

“O homem explicou pra gente que uma onça veio lá da ponta do Parque – ele tirou foto das pegadas – ela veio até aqui porque estavam caçando a comida delas. Aí, as comidas acabaram. Então ela [onça] viu que haviam dois bezerros e atacou”


A atividade também contou com explicações aos pequenos moradores vizinhos do Parque. Foto: Carnívoros do Iguaçu/FB

O agricultor Marcos Antônio Alves avaliou como positiva a parceria com os moradores da região beira parque.

“A gente não tinha ideia de como ia ser, mas foi muito bom. Eles colocaram telas no chiqueiro, plantaram árvores para impedir as vacas de entrarem no rio. Nós somos vizinhos do Parque e isso é um projeto muito bom”.

O Projeto Carnívoros do Iguaçu se dedica ao estudo e conservação da onça-pintada na região de influência do Parque Nacional do Iguaçu, que é o maior remanescente de mata atlântica do interior no sul do Brasil. Segundo o chefe da unidade, Ivan Carlos Batiston, a partir do relacionamento com os vizinhos do Parque é possível criar estratégias para uma convivência na região.

“O que a gente procura é a coexistência. É possível, é importante, é necessário trabalharmos juntos Parque Nacional, proprietários rurais, comunidade, dirigentes, prefeituras, representantes públicos… e encontrar formas de coexistência com esses grandes felinos, esses grandes gatos, das com nossas atividades de criação com os vizinhos do Parque”.
Última modificação em Sexta, 13 Abril 2018 20:19
Avalie este item
(0 votos)
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados