Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA

Inscrições abertas para o Desafio Criativos da Escola: projetos transformadores produzidos por estudantes

A 4ª edição do Desafio Criativos da Escola está com inscrições abertas para professores e estudantes do ensino fundamental ou médio, até o dia 1º de outubro. A premiação realizada pelo Instituto Alana, reconhecerá as 11 iniciativas que mais se destacarem por seu protagonismo e impacto social, além de levar três estudantes e um educador de cada grupo para uma viagem ao Rio de Janeiro (RJ).

Com a premissa de valorizar as iniciativas feitas pelos estudantes, Gabriel Salgado, o coordenador do programa Criativos da Escola, explica sobre a importância do projeto. “O Criativos é um movimento que valoriza, entre outras coisas, o protagonismo dos estudantes. Um projeto feito com protagonismo dos alunos, é um projeto que os alunos se identificam mais com a proposta, que se envolvem mais pra pesquisar, pra debater sobre aquele problema, pra pensar soluções pra acabar com um problema, resolver uma situação de conflito na escola, pensa criticamente uma realidade que está inserido ou pensar como que a aula pode ser mais interessante, como que o ambiente que ele está inserido pode ser melhor. Então o que a gente percebe é que projetos que efetivamente tenha a marca do protagonismo infanto juvenil, eles acabam tendo um envolvimento maior e engajamento maior desses estudantes, os estudantes se mobilizam mais pra poder resolver os problemas que eles estão enfrentando, que eles observam dentro ou fora da sala de aula na realidade que eles vivem”.

Desde a primeira edição do Desafio, em 2015, foram recebidos cerca de três mil projetos de todas as regiões brasileiras, com temáticas como saúde, meio ambiente, educação, inclusão, tecnologia, sustentabilidade e políticas públicas.

“Podem abordar questões relacionadas ao meio ambiente e sustentabilidade, relações étnico-raciais, de gêneros, ciência e tecnologia, esportes, ambiente escolar, os conflitos que estão envolvidos na escola ou fora dela, são projetos que eles não se limitam ao espaço escolar, podem ser feitos pelos estudantes dentro da escola ou fora dela”.

O objetivo do Desafio é reconhecer projetos transformadores que estimulem e incentivem os estudantes na formulação de soluções para eventuais problemas nas escolas, comunidades ou municípios onde residem. “A gente recebe projetos dos ambientes mais diversos possíveis, são projetos do campo e da cidade, do centro e da periferia, são projetos que procuram impactar o cotidiano de dentro da sala de aula seja melhorando a disciplina, que as vezes os alunos podem achar que é feita de uma maneira descontextualizada ou fora da realidade deles, ou pode ser um projeto, por exemplo, pra combater a poluição de um rio da cidade, ou pode ser um projeto para reformar a praça do lado da escola que deixar abandonada acaba sendo um ambiente de violência, enfim, são vários temas, o Criativos é aberto para projetos feitos por estudantes do ensino fundamental ou do ensino médio e que abordem os mais variados temas possíveis”.

Sabendo que os estudantes são agentes de mudanças capaz de modificar o ambiente que estão inseridos, o Estado do Paraná tem participado de forma efetiva no projeto. “O Estado do Paraná vem aumento o número de inscrições no desafio, a gente está muito feliz com isso, só que a gente acredita que tem muitos mais ações pra gente conhecer e pra gente valorizar também. Ano passado um dos projetos premiados foi um projeto realizado por estudantes de Curitiba, um projeto que para ajudar uma colega de turma que sofria com homofobia e já tinha mudado de colégio várias vezes, eles fizeram um projeto para conscientizar os alunos da escola dessa colega, a não cometerem práticas homofóbicas”.

Além disso, o projeto encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. “A nossa proposta é fortalecer esses estudantes para que cada vez mais a voz deles, que eles já tem, possa ser ampliada e possa ocupar mais e mais espaço dentro e fora da escola”.

Inscrições

Os interessados podem enviar até o dia 1º de outubro, projetos finalizados ou aqueles que ainda estejam em andamento, pelo site do Criativos da Escola: www.criativosdaescola.com.br. Para os educadores que têm interesse em promover experiências de transformação protagonizadas por seus alunos, a iniciativa disponibiliza também em seu site um Material de Apoio, além de textos, vídeos e reflexões que podem contribuir com sua prática dentro e fora da sala de aula. A premiação acontecerá em Fortaleza no Ceará. Para maiores informações entre em contato pelo e-mail: .

Sobre o Instituto Alana

O Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

* Com supervisão da jornalista Poliana Corrêa. 


Última modificação em Sexta, 08 Junho 2018 19:25
Avalie este item
(0 votos)
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados