Portuguese English Spanish
Entrar

Entrar

Faça seu login
ou use sua conta
Lembrar-me

Create an account

Campos marcados com * são obrigatórios
Nome (*)
Nome de usuário (*)
Senha (*)
Confirmação de senha (*)
Email (*)
Confirmação de email (*)
BUSCA
Comunicadoras Brasilia

Comunicadoras Brasilia

Solução para o aproveitamento da água da chuva é apresentada durante o Fórum

Edilson Urbano, de São Paulo (SP), criador do projeto Minicisterna, é uma daquelas pessoas que não param de pensar em como ajudar o meio ambiente. Portanto, tivemos a oportunidade de conhecer e entender o seu projeto no 8° Fórum Mundial da Água.

“Este projeto já é uma ideia muito antiga minha de fazer o aproveitamento da água da chuva. Há uns vinte anos atrás, eu já tentava fazer, mas tudo o que existia no mercado era muito caro. Não tinha condições de investir dinheiro e ter um retorno. E aí o que eu fiz? Comecei a estudar todos os consumos de água que existem em casa. A primeira coisa que fiz foi fazer reuso da água do banho. Ou seja, a água que você usa para tomar banho é mais ou menos equivalente a quantidade de água que você gasta na descarga. Então eu montei um sistema em que a água do banho vai para um reservatório, desse reservatório vai para a caixa de descarga do vaso sanitário e eu uso ela para dar descarga. Este tipo de reuso me deu 30% de economia dentro de casa. É muita água. Só que ainda assim eu via a água da chuva cair e ir embora, e sem poder fazer nada sempre dava uma dor no coração. Aí eu comecei a estudar o que existia no mercado de tecnologia (geralmente alemã), que é muito cara. Para se ter uma ideia, um filtro que eu faço a R$ 20, você compra numa loja por R$ 500. Estudei bastante esses componentes e desenvolvi com baixo custo. Comecei a cortar cano, emendar cano e fazer testes, até chegar nessa tecnologia”.

Ele também nos contou sobre o seu sentimento de trazer o seu belíssimo projeto para o evento.

“É muito gratificante. Desde quando eu fiz esse projeto (já tem mais de dez anos), eu venho disseminando gratuitamente através do site, feiras e palestras, e a cada dia eu escuto alguém que fez em uma escola, em uma comunidade, e vira e mexe me chamam para algum evento desse tipo. Claro que o Fórum Mundial é o ‘top do top’. Fiquei muito alegre em poder participar e poder expor aqui. Mostrar que existe condições de ter um sistema de aproveitamento de água da chuva correto, dentro das normas técnicas e de baixo custo (...) Me sinto um pouquinho menos ‘pecador’. Acho que estou ganhando alguns créditos com o céu, pelo menos com o meio ambiente. É muito gratificante. Esse trabalho eu tenho feito muito por conta própria. Tenho filhos já, que até me ajudam financeiramente, para que eu continue a disseminar essas tecnologias, porque realmente é muito gratificante o retorno”.

Quer conhecer mais sobre o projeto? Acesse o site www.sempresustentavel.com.br.

*Matéria produzida por Lauane Salvador Mariano e Sarah Oliveira Viana, adolescentes da Legião da Boa Vontade (LBV) – Brasília (DF) capacitadas durante formação realizada pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) nos dias 15 e 16 de março, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA).

Leia mais ...

Water Innovation Lab Global: juventude mundial unida em prol da água

O Fórum Mundial da Água, que está sendo realizado em Brasília entre os dias 18 e 23 de março, está reunindo diversas boas práticas e iniciativas que promovem a boa gestão dos recursos hídricos.

Entre as iniciativas apresentadas no evento, se destaca a Water Innovation Lab Global (Laboratórios de Inovação da Água). Para saber mais sobre esse curso, entrevistamos Veronica Minaya, que é integrante da equipe de gestores de recursos para água. Ela explicou um pouco sobre o que significa esse evento e o que significa para os jovens:

“A ideia é que compartilhem informações. Que os jovens desde pequenos saibam o valor que este recurso tem no mundo. Como podemos cuidar; como podemos usar de forma sustentável e como no futuro nós podemos ajudar desde nossa área de atuação até o melhor uso e ajudar todos os setores de água”

Ela também nos apresentou as ações que eles desenvolvem e quais países elas são promovidas:

“O projeto é basicamente reuniões para capacitar os jovens líderes do setor da água e já foi desenvolvido em vários países ao redor do mundo como Escócia, Holanda, Portugal, Canadá, Índia e, recentemente, em novembro do ano passado, no Brasil”.

Até 2019, o Brasil deve receber novos encontros da rede de jovens líderes. Verônica explicou a iniciativa e divulgou o evento que deve acontecer pelo menos mais uma vez no País:

“Neste ano estão previstas novas reuniões, webinars e outros tipos de materiais, para que os jovens brasileiros possam ter a oportunidade de receber essas capacidades, estas formações do Water Innovation labs. Outras informações estão disponíveis em nossa página, pois serão desenvolvidos novos projetos aqui no Brasil em conjunto com o governo e outras entidades privadas”.

Para conhecer melhor o trabalho dessa rede de jovens em prol da água, acesse o endereço waterlution.org/water-innovation-labs.

*Matéria produzida por Ana Luiza Curcino, adolescente da Legião da Boa Vontade (LBV) – Brasília (DF) capacitada durante formação realizada pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) nos dias 15 e 16 de março, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA).



Leia mais ...

Ações do CBH do Rio Urussanga são apresentadas no 8º Fórum Mundial da Água

No dia 19 de março – eu, Áthina, conversei com Eliana Maria sobre a Bacia do Rio Urussanga. Vamos ouvir o que ela disse:

Áthina: Quando iniciou o projeto?

“Nós desenvolvemos um trabalho entre 2012 e 2016. Um trabalho de articulação, mobilização e comunicação. Foi um trabalho realizado para divulgar o Comitê; o que é o comitê de bacia, o que ele faz, todas as ações, o que nós buscamos, nossos objetivos… a gente fez esse projeto para apresentar para a população e a gente trabalhou em cima de cinco metas: a primeira foi um plano de comunicação; em segundo plano foram feitas visitas técnicas aos municípios; a terceira meta foi criada a educação ambiental – um projeto voltado para crianças e adolescentes onde eles faziam visitas técnicas à bacia; e depois nossa quarta meta foi a organização de eventos – nós promovemos eventos como fórum pra diálogo e discussão das pessoas interessadas nesse assunto e por último, foi feita uma campanha de usuários de água que teve como objetivo fazer com que as pessoas fizessem esse cadastro para que nós pudéssemos saber quantas pessoas estão usando a água da nossa bacia, o que elas estão fazendo com essa água…”

Áthina: Quais motivos levaram a esta iniciativa?

“Então, a gente percebeu que o Comitê da Bacia do Rio Urussanga não era tão conhecido como a gente gostaria que ele fosse. Nós já tínhamos 6 anos de atuação – nosso Comitê foi criado em 2006 – e em 2012 foi pensado nessa estratégia. O que a gente percebeu; na área de comunicação: a partir do momento que foi contratada uma jornalista que fez essa comunicação, esse relacionamento com a imprensa, que elaborou materiais que o Comitê fazia ele começou a ficar conhecido. As pessoas começaram a procurar o Comitê pra fazer pesquisa, pra fazer trabalhos, pra descobrir o quê o comitê fazia… surgiu um interesse muito grande da população. A gente percebeu que a gente conseguiu atingir as pessoas a respeito do nosso trabalho. Em um segundo momento, a gente precisava também atingir as pessoas envolvidas no poder público, que é o prefeito, vereador… são pessoas importantes que tomam decisões relacionadas a tudo em nossa volta e água como é um assunto muito importante precisaria envolver eles também”

Obrigada, Eliana! Espero que todos tenham gostado.


*Matéria produzida por Áthina Moreira, adolescente da Legião da Boa Vontade (LBV) – Brasília (DF) capacitada durante formação realizada pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) nos dias 15 e 16 de março, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA).
Leia mais ...
Assinar este feed RSS
 
Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu   Mantenedores   Desenvolvido por:
Av. Presidente Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038
   
  • Todos os Direitos Reservados